O tempo Vida !

O tempo Vida !
Não se troca um amor velho por um amor novo.Banners original do blog

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Falcão de Rabo Vermelho (Buteo jamaicensis)


O rei dos planadores
  Ele está pousado imóvel no galho de uma árvore seca. De repente, projeta-se para o chão. Num piscar de olhos suas fortes garras prendem-se a um esquilo. Esse caçador astuto é o falcão de rabo vermelho, que, como outros falcões de asas largas, alimenta-se de pequenos mamíferos, especialmente roedores.
  Este falcão é conhecido por sua habilidade em movimentar-se no ar, sem bater as asas. Pode-se ver um falcão de rabo vermelho planar continuamente das 7 da manhã até a tarde. Mantém-se assim nas alturas, graças às correntes de ar quente que se movem para cima. Os círculos que descreve em seus vôos dão a falsa impressão de que ele está procurando alimento.
  O falcão de rabo vermelho ocupa um amplo território.

   Ele é encontrado desde o extremo norte do Canadá ocidental até as grandes planícies dos Estados Unidos e no sul até o golfo do México; na região sul da Flórida e em quase toda a América Central.
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Falconiformes
Família: Accipitridae

CARACTERÍSTICAS:
Comprimento: 63 cm; a fêmea é um pouco maior
Vôo ligeiro
Predador


http://www.achetudoeregiao.com.br/animais/falcao_de_rabo_vermelho.htm
Canto semelhante a um grito

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Pomba da Antártida






Sozinha sobre o gelo
  O continente antártico é completamente desolado: nada de vegetação, praticamente nenhum inseto ou outros animais terrestres. As aves que aí vivem, como os pingüins, têm o mar como fonte de alimento. A pomba da antártida (ou bico em bainha, como também é chamada) é uma ave terrestre, sem pés palmados, que encontra seu alimento na praia: algas, peixes mortos, carniça e mariscos que arranca das pedras. Na época de reprodução dos pinguins, essa pomba lhes rouba os ovos, restos de comida e até excrementos.
  É uma ave toda branca, pouco maior que um pombo. Seu bico cônico, enegrecido, tem em torno da base uma capa córnea. Voa muito baixo e é capaz de cobrir longas distâncias, mas nunca voa para fugir: contenta-se em se afastar correndo.


  A construção do ninho começa em novembro (é a primavera, na Antártida).
  Os ninhos são feitos de algas, conchas e. . . plumas de pingüim.  Para alimentar os filhotes, o bico em bainha se apodera da papa de krill (espécie de camarão) que os pingüins levam para seus filhotes. E isso exatamente na hora em que os pequenos pingüins abrem a boca para receber alimento.

Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Charadriiformes
Família: Chionididae

CARACTERÍSTICAS:
Comprimento:40 cm
2 a 4 ovos brancos malhados
Período de incubação: 1 mês


Fonte texto e Imagem:
http://www.achetudoeregiao.com.br/animais/pomba_da_antartida.htm




Araras Azuis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...