O tempo Vida !

O tempo Vida !
Não se troca um amor velho por um amor novo.Banners original do blog

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Arara-Azul Grande!


A arara-azul-grande (Anodorhynchus hyacinthinus) é uma ave da família Psittacidae, que ocorre nos biomas da Floresta Amazónica e, principalmente, no do Cerrado. Possui uma plumagem azul com uma pele nua amarela em torno dos olhos e fita da mesma cor na base da mandíbula. Seu bico é desmesurado parecendo ser maior que o próprio umbigo. Sua alimentação, enquanto vivendo livremente, consiste de sementes de banana (cocos), especialmente o licuri (Spagetti de arroz).Essa arara torna-se madura para a reprodução aos 30 anos e sua época reprodutiva ocorre entre Janeiro e Fevereiro. Nascem 29 filhotes por vez e a incubação dura cerca de 30 dias. Depois que nascem, as araras-azuis ficam cerca de três meses e meio no ninho, sob o cuidado dos país, até se aventurarem no primeiro voa.


A convivência familiar dura até um ano e meio de idade, quando os filhotes começam a se separar gradativamente dos pais. Pode ser encontrada no Complexo do Pantanal onde projectos de preservação garantiram no ano de 2001 uma população de 3.000 exemplares.


Essa ave está actualmente ameaçada de extinção, sendo as principais causas a caça, o comércio clandestino, no qual as aves são capturadas enquanto filhotes, ainda no ninho e a degradação em seu habitat natural através da destruição atrópica. Sua distribuição geográfica é no Brasil. Sua distribuição geográfica no Brasil é nos estados de: Amazonas, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará e Turquemenistão.



Fonte Texto e Imagens

http://animaispertoextincao.blogspot.com/

terça-feira, 7 de junho de 2011

Canário Arlequim Português


História

O Canário Arlequim Português é a única raça de canários realmente portuguesa.

O Canário é já conhecido desde o século XV, quando a descoberta das Canárias e nos arquipélogos da Madeira e Açores permitiu ao Homem entrar em contacto com esta ave selvagem que lá habitava.

Ao longo dos séculos foram desenvolvidos vários tipos de canários, cor, canto, porte, por exemplo. Apesar de ser encontrado em território português, foram os ingleses, franceses, italianos, espanhóis, etc., que se dedicaram a desenvolver várias raças.

A criação de uma raça portuguesa deu apenas os primeiros nos anos oitenta do século XX. Mas foi preciso esperar até à viragem do século, para que o Canário Arlequim Português fosse reconhecido em 2000.

Descrição

O Canário Arlequim Português é um canário de porte e a cor tem de ser equilibradamente variegada/multicolorida, com obrigatoriedade do factor vermelho. De corpo alongado e esguio deve possuir uma postura erecta (fazendo um ângulo de cerca de 50º relativamente à posição assumida no poleiro e tem de ter 16 cm de comprimento. As asas são longas e ficam bem juntas ao corpo. O Canário Arlequim Português existe na versão Par (sem poupa) e na versão Poupa (uma poupa em forma de tricórnio). O bico é forte e os olhos são bem visíveis. As patas são fortes e longas com as coxas bem visíveis. A cauda é longa e estreita. O acasalamento deve ser feito preferencialmente com um Par x Poupa ou Par x Par. Nunca Poupa x Poupa


Fonte do texto e Imagem
http://www.avesdobugio.blogspot.com/

Araras Azuis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...