O tempo Vida !

O tempo Vida !
Não se troca um amor velho por um amor novo.Banners original do blog

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Fechando o Ano

9.gif

Desculpe mas eu estava fazendo entregas então as aves estão cansadas.2011 chegando no bico de uma ave amada a Cegonha.Para você saber que as aves começam a servir-nos desde o inicio até o final do ano !Que o diga os peru e chester saboreados pelo mundo afora.

Feliz Ano Novo.
O tempo Vida

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Quetzal (Pharomachrus mocinno)





Um símbolo de liberdade

O quetzal é um belo pássaro de plumagens verde-esmeralda com reflexos dourados. Sua cauda longa ondula quando ele voa. Foi escolhido na Guatemala como símbolo de liberdade e sua imagem aparece na moeda do país, denominada"quetzal". Pertence a uma família de pássaros chamados trogões, a qual tem um representante no Brasil, o sucuruá. Às vezes, é chamado de "serpente de penas". Ele foi considerado um pássaro sagrado pelas antigas civilizações americanas. Suas penas eram usadas para rituais, embora o pássaro sempre fosse poupado. As penas da cabeça e das asas são semelhantes às da ave-do-paraíso.


O quetzal vive nos ramos mais baixos das árvores das florestas tropicais do México e da Guatemala, em altitudes que vão de 1.000 a 3.000 metros. É uma ave tranqüila, que pode ficar horas pousada à espera de um inseto que passe ou de uma fruta que caia. Seu canto é um assobio ondulante que fica cada vez mais agudo e cessa repentinamente. Juntos, o macho e a fêmea constroem o ninho, geralmente escondido em um oco de árvore. A incubação é feita por turnos. Quando o macho entra no ninho para cumprir seu turno, ele gira e senta-se de maneira que as penas da cauda fiquem fora do oco.



Filo: Chordata

Classe: Aves

Ordem: Trogoniformes

Família: Trogonidae



CARACTERÍSTICAS:

Comprimento: 25 a 35 cm

Bico duro e compacto

Macho e fêmea têm aparência diferentes

Pés de 4 dedos

2 a 4 ovos brancos e redondos de cada vez

Período de incubação: 29 diashttp://www.g6-team.net/

Rabo de Arame


São graciosos "reboladores"

O Rabo de Arame pássaro da família dos uirapurus e dançadores. Habita as matas de terra firme e de transição do Oeste da Amazônia, rios Negro e Purus para o oeste, o Rabo de Arame encontrado também na Venezuela, Colômbia, Equador e Peru. Os Rabos de Arame são mais encontrados nos estratos baixos e médios da floresta,e em terra firme ao longo de igarapés, embora também possam explorar a canópia (a parte mais elevada da folhagem de uma floresta), de árvores frutíferas. O Rabo de Arame Alimentam-se principalmente de pequenos frutos e alguns artrópodes(crustáceos,insetos, centopéias,aranhas, etc.) .


O Rabo de Arame permanece oculto na vegetação, sendo de difícil observação.

O Rabo de Arame durante as exibições do período reprodutivo, os machos arrepiam as penas das costas e levantam suas caudas, balançando-as de um lado para o outro.O macho Rabo de Arame dança para a fêmea arrepiando as penas das costas e levantando suas caudas, balançando-as de um lado para o outro, durante as exibições do período reprodutivo.


No jogo da conquista o Rabo de Arame também usa os longos filamentos de sua cauda para “acariciar” a fêmea. Faz ninho em formato de

xícara, normalmente abaixo de 2 m de altura, em árvores pequenas, ao lado de igarapés.O macho tem o alto da cabeça, nuca e alto das costas vermelho-brilhantes, as laterais e região frontal da cabeça amarelo-ouro, e o restante das partes superiores preto; a fêmea do Rabo de Arame é verde-olivácea acima e mais opaca nas partes inferiores, com a barriga amarelada.

Filo:Chordata
Classe:Aves
Ordem: Passeriformes
Família: Pipridae

Características:
Comprimento: 10,5 cm, mais 4,5 cm,com
filamentos alongados da cauda, no macho
e 2,5 cm na fêmea os quais se assemelham a cerdas

Fonte texto e Imagem
http://www.g6-team.net/

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Pássaros que arrancam as penas




Por que a minha ave está arrancando as suas próprias penas?

O seu pássaro começou a arrancar as próprias penas e às vezes até grita de dor? O que fazer?

As aves normalmente se orgulham das suas penas, essa agressão pode ter mais de uma causa:

Nutricional
ela está sentindo falta de vitaminas e nutrientes. Por exemplo, na época da muda (troca das penas) elas sentem necessidade de injerir mais proteínas, vitaminas e minerais, carboidratos e até mesmo gorduras, o que consiste em algo mais do que apenas ração e água;

Stress
ela está se sentindo muito só e quer atenção, ou não está se adaptando com o novo pássaro da casa. Pode também estar sentindo falta de espaço na gaiola ou falta de claridade e de plantas.

Preste atenção a estes detalhes, na mudança da rotina do animal, tente melhorar a sua alimentação, dê-lhe mais atenção e consulte o seu veterinário de confiança para que ela seja examinada.

Uma ave bem cuidada e feliz orgulha-se das suas penas e mantém-nas bem cuidadas. Isso é posse responsável!

Fonte do texto
Imagem google
http://www.g6-team.net/f969/aves-o-que-deve-saber-102775/

Por que os pássaros geralmente não levam choque em fios elétricos?



Curiosamente, os pássaros conseguem pousar sobre fios elétricos, encapados ou não, sem levar choque. Aparentemente causa grande espanto quando analisado, pois quando um fio desencapado é tocado libera grande descarga elétrica. Com os pássaros é diferente.

A distância entre as patas dos pássaros é bem curta, não é suficiente para gerar um potencial elétrico entre dois pontos (DDP). O choque, dessa forma, somente acontece quando a corrente elétrica entra por um determinado local e sai por outro, ou seja, fecha o ciclo da eletricidade que é a condução de energia. A eletricidade liberada no pássaro não lhe provocará uma descarga elétrica porque ele não estará encostado em nenhum objeto a não ser o fio, porém, se o pássaro desequilibrar e encostar-se a outro objeto, ele receberá a corrente elétrica.

Se uma pessoa, por descuido ou curiosidade, pegar um fio com as duas mãos para testar a distância geradora de potencial elétrico, com certeza levará um choque, pois a distância de um braço ao outro é o bastante para gerar o DDP.



http://www.g6-team.net/f969/aves-o-que-deve-saber-102775/

Média de vida dos pássaros


Média de vida dos pássaros

Nome Vulgar __________ Média (Máxima) em Anos

Águia 40 (95)

Andorinha 8-9

Arara 60

Avestruz 40

Cegonha 24 (40)

Cisne 25-50 (170)

Condor 45 (52)

Coruja 27

Coruja-real 40 (68)

Corvo-imperial 50 (69)

Falcão 40 (55)

Gaivota 25 (47)

Galo e Galinha 15-20

Garça-real 50

Gralha 8-9

Grou 50

Pardal 12 (20)

Pelicano 40 (52)

Pingüim 30-35

Pomba 20 (35)

Ordens ou Famílias _____Média em Anos

Anseriformes 23

Ciconiformes 21

Falconidae 24

Galliformes 13

Laridae 19

Passeriformes 22

Pelecaniformes 22

Fonte da Pesquisa

http://www.g6-team.net/
Imagem do google

domingo, 26 de dezembro de 2010

Tourão






(Tunix sylvatica)


Papéis invertidos

Nesta espécie, a fêmea é maior e exibe uma plumagem colorida, enquanto o macho, de cor amarela com manchas brancas, contenta-se com sua "roupa" de camuflagem. Por esse motivo, na época do acasalamento, é a fêmea que atrai o macho e luta por ele contra as outras fêmeas. E é o macho que choca os ovos, no ninho construído no solo, quando sua camuflagem se torna valiosa.

Conhece se mais de uma dúzia de tourões distribuídos em uma larga faixa que vai da África ocidental ao Japão, e igualmente na Austrália, na África do Norte e no sul da Espanha. Há também uma espécie em Madagáscar. São pequenas aves que se parecem com a codorniz. O aspecto roliço do seu corpo é acentuado pela pequenez da cauda praticamente inexistente.


Têm asas redondas e apenas três dedos em cada pé. Vivem escondidas entre as ervas e silvas, sozinhas ou aos pares. Habitam todos os tipos de pradarias e, às vezes, também os brejos. Comem as sementes que encontram ciscando o chão. Durante o acasalamento, a fêmea atrai o macho por meio de danças acompanhadas de verdadeiros "mugidos"; por isso, na Espanha são chama das de "torillos" (tourinhos). Os filhotes saem logo do ninho e seguem o pai na procura de alimentos.



Filo: Chordata

Classe: Aves

Ordem: Gruiformes

Família: Turnicidae


CARACTERÍSTICAS:

Comprimento: 10 a 20 cm

4 ovos

Período de incubação: 12 dias

Trapogão


Quando se vê um casal de trapogões voando lado a lado, é difícil acreditar que ambos pertencem à mesma espécie. A fêmea é arredondada, quase sem cauda e lembra uma grande codorniz. O macho é delgado e sua cauda, embora curta para um faisão, não é insignificante. Sua plumagem é vermelha, cheia de pintas brancas redondas, contornadas de preto. A cabeça é negra e ganha, na época de reprodução, dois "chifres" de pele, azul e vermelha. Por causa desses chifres ele é conhecido também como trapogão sátiro.


Os trapogões vivem numa região limitada do Himalaia, no Nepal e no Butão. No inverno, descem para os vales. Vivem em pequenos bandos e são aves discretas, com exceção da época de acasalamento, quando os machos cantam com toda a força.
A ave passa o dia no chão, procurando sementes e insetos, e, à noite, se empoleira numa árvore, para dormir. Como acontece nas espécies em que o macho tem plumagem muito colorida e a fêmea tem camuflagem, é ela que choca os ovos sozinha. Constrói o ninho num galho baixo de árvore ou numa moita.



Filo: Chordata

Classe: Aves

Ordem: Galliformes

Família: Phasianidae


Características:

Comprimento: 60 cm (macho)

5 a 6 ovos

Período de incubação: 25 dias

Fonte do texto e Imagem
http://www.g6-team.net/f969/principais-especies-de-aves-89940/index30.html

Araras Azuis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...