O tempo Vida !

O tempo Vida !
Não se troca um amor velho por um amor novo.Banners original do blog

sábado, 29 de maio de 2010

Cancão ou Gralhão (Ibycter americanus)







Presente na Amazônia, Piauí e, em direção sul, até o Paraná. Encontrado também do México ao Equador e Peru. É incomum, habitando o interior e a borda de florestas densas, florestas de várzea, cerrados e clareiras com árvores esparsas. Barulhento, vive sempre em pequenos bandos com cerca de 5 indivíduos. Normalmente pousa no alto de árvores ao longo de rios ou da borda da floresta; às vezes é visto no estrato baixo ou mesmo no chão.





Alimenta-se de frutas, abelhas, cupins, sementes, larvas e adultos de marimbondos e vespas, os quais consegue derrubando suas casas. Faz ninho de gravetos no alto das árvores, pondo 2 ou 3 ovos brancos ou amarelados, pontilhados de marrom. Conhecido também como gralhão, alma-de-tapuio (Maranhão), cã-cã, caracará-preto, cacão e cancão-grande.



http://biorapinas.blogspot.com/
Imagend do google

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Porque cantam as aves na Primavera?



Cientistas descobrem relação com a duração dos dias


Uma equipa de investigadores do Roslin Institute, no Reino Unido, e da Nagoya University, no Japão, descobriu porque é que as aves macho começam a cantar na Primavera. Segundo os cientistas, a mudança de estação, com o aumento de horas de luz por dia, faz com que as células da hipófise no cérebro libertem uma hormona que funciona como uma espécie de gatilho para o acasalamento. É então que os passarinhos começam a cantar para atrair as companheiras.
De acordo com Peter Sharp, do Roslin Institute, apesar de já se saber há algum tempo que havia uma área do cérebro afectada pelas mudanças sazonais ainda não se conhecia o mecanismo exacto envolvido.
"Agora identificámos um elemento chave na actividade do cérebro quando chega a Primavera", disse o responsável à BBC News. "Este conhecimento teria sido impossível no passado mas os avanços tecnológicos permitiram-nos examinar milhares de genes e assim perceber quais deles são afectados pelas estações do ano", acrescentou. Os investigadores utilizaram um chip de DNA para examinar 28 mil genes de uma codorniz japonesa, que foi exposta durante a investigação a quantidades de luz diferentes, numa simulação de dias compridos e curtos. Descobriram que os genes nas células da superfície do cérebro eram activados quando as aves recebiam mais luz. Segundo o estudo, quando os genes são activados as células começam a libertar uma hormona que vai estimular a tiróide. Esta hormona, que inicialmente estava associada ao crescimento e ao metabolismo, estimula indirectamente a hipófise, uma glândula endócrina na base do cérebro, também conhecida por pituitária, que vai segregar hormonas gonadotrofinas. De acordo com os investigadores, estas hormonas fazem com que os testículos das aves cresçam, o que leva os machos a começar a cantar para atrair as suas parceiras.

http://entranaciencia.blogspot.com
Imagem do google

terça-feira, 25 de maio de 2010

Graúna:



Gnorimopsar chopi
Características

Também conhecido como pássaro-preto ou melro, mede 21,5 cm de comprimento. Trata-se de um dos pássaros de voz mais melodiosa do Brasil. Há quem confunda a graúna com o atrevido chopim ( Molothrus bonariensis ), famoso por parasitar o ninho de várias espécies (ex.:tico-tico). Enquanto o Chopim é elegantíssimo, esguio e traja cintilantes vestes de tom violáceo, a graúna é negra mesmo e de porte mais avantajado, além de saber nidificar, não se descuidando da criação da ruidosa prole. Coloração negra uniforme e brilhante.

Habitat
Campos de cultura, pastos e plantações com árvores isoladas, mortas
Imagens e textos da Web

Aves de Angola


Bico-de-serra-vermelho.


Colhereiro nome denominado devido a o formato do bico que tem aparencia de uma colher (angola)

Araras Azuis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...