O tempo Vida !

O tempo Vida !
Não se troca um amor velho por um amor novo.Banners original do blog

sábado, 18 de julho de 2009

" Pássaros da sabedoria "



O tormento do homem não consiste em não possuir apenas o necessário,
mas em desejar muito para além do que lhe é prescindível.
As aves não padecem destes tormentos; assemelham-se, no seu viver,
à sabedoria dos santos que vivem a autêntica liberdade erigida na renúncia dos bens do mundo.
Renunciar para mais possuir? Sim. Na renúncia é possível auferir a liberdade.
Sim, porque o amor excessivo aos bens terrenos, não resgata o espírito
e rende o homem no ser mais torturado à face do mundo.

Muitas coisas o pássaro diria, se pudesse falar.
E a tua alma, criança, tremeria, vendo tanta aflição.
E a tua mão, tremendo, lhe abriria a porta da prisão...
(A.D)
Imagem de pesquisas do Google

Happy&Feliz


As palavras sao escassas quando estamos felizes,mas os sorrisos sao excesso no meu dia a dia.Feliz sempre!!!!!
O tempo é vida.A vida é nosso tempo de ser feliz!

Calor ... tempo ruim ... ameaça de chuva ... relâmpagos e trovões!
Agora sim, chove muito.
Gosto da chuva, gosto dos trovões! Gosto, sobretudo do vento.
Gostaria de voar, já que sou pássaro arredio.
Há dias que sou águia, outros falcão! Um bem-te-vi ,um pardalzinho simples , simples..
Hoje, sou ararinha em extinção! Rara, poucos me veem ... e eu quero sobreviver às tormentas, à civilização.
Voo, voo, voo ... ao vento. Nem medo sinto agora. Gosto do perigo que se instala .
Temporal atemporal!
Não busco ninho seguro, não há. Vôo-solitário!
Liberta, espreito o Mundo da minha janela-olhar. Posso ver: homens , mulheres, crianças, adolescentes, idosos ... e há muito a aprender e a doar.
Sei que nada sei ...mas levo um raminho no bico, o da esperança, a cada um que puder.
Acho que é este o meu destino, destribuir esperanças e amor.
Quer uma sementinha deste ramo?
É gratuito!
Vou espalhando,vou ... es-pa-lhan-do ... voando, voando ...espalhando o que de melhor sei fazer, amar.

(Tata Junq)
Imagem de pesquisas do google imagens

sexta-feira, 17 de julho de 2009

A Lição da Aguia


1 - A águia é bonita, atrativa, perspicaz. Mas não é simplesmente pela sua beleza natural. É porque ela tem a capacidade de se auto-avaliar e se reciclar constantemente. Chega um certo tempo de sua vida em que as penas da águia envelhecem e já não voam tão bem e nem são mais tão bonitas. Então ela sobe até um alto monte e arranca todas as penas velhas até que as novas nasçam novamente e ela consiga voar melhor e ficar mais bela.
LIÇÃO: Muitas vezes nós estamos cheios de "penas velhas" que precisam ser arrancadas de nossa vida para darem lugar a uma nova beleza, para melhorar nossa performance, para sermos melhores pessoas, e nem sempre temos esta capacidade de nos auto-avaliar e reconhecer aquilo que precisa ser mudado.


2 - Há uma época da vida da águia em que o seu bico apodrece, envelhece de forma que ela não consegue mais pescar bem ou emitir os mesmos sons... sabe o que ela faz? Ela vai até uma grande pedra e bate com o seu bico velho na pedra até que ele se quebre e caia e dê lugar a um bico novo.

LIÇÃO: Nossa tendência é manter o mesmo "bico velho", não queremos mudar nosso discurso, não queremos evoluir nossas idéias, mudar nossos pensamentos não queremos espelhar um novo sorriso ou emitir sons mais belos. Usamos as mesmas frases feitas, as mesmas palavras amargas, ou dizemos "nasci assim já estou muito velho para mudar" ou "eu sou assim mesmo e pronto" ... Muitas vezes estamos precisando de um bico novo! Para viver uma nova realidade de vida.

3 - A águia é uma das poucas aves, se não a única que não anda em bandos... ela voa solitária e não acompanha bandos por isto é capaz de estar sempre subindo....

LIÇÃO: Não que sejamos uma ilha no oceano, alheios e alienados do mundo das pessoas, mas às vezes precisamos ser solitários em nossos conceitos e pensamentos para não seguir apenas por seguir a multidão, o que a massa pensa. Precisamos ter identidade própria, idéias próprias para estar sempre subindo... mesmo sabendo que precisamos uns dos outros para viver.

4 - Quando uma águia sente que o vento está muito forte ela dobra os joelhos e não tenta lutar contra o vento, ela deixa o vento lhe levar com a ajuda do vento ela consegue voar melhor.

LIÇÃO: A maior demonstração de humildade de um indivíduo é quando ele se ajoelha. Às vezes é preciso ser humilde para reconhecer que precisamos "deixar o vento levar", que é mais fácil lutar a favor do que contra. Ser humilde não para concordar com tudo, mas para saber quando estamos precisando da ajuda "dos ventos", das situações. Ou apenas ter paciência de esperar passar a tempestade.

Autor desconhecido

VIDA

Amanhece o dia vem o sol
aquecendo a terra
trazendo-nos um brilho no olhar
e no rosto, um sorriso de criança
No jardim sementes germinando,
desabrochando os botões
de rosas exalando perfumes
dando-nos paz e esperança
Vem as nuvens e logo cai
a chuva fininha com seus
pingos refrescantes, revigorantes,
alimentando as plantas
A noite chega com sua lua
formosa e constante
que com seu brilho total
embeleza a madrugada fria
Em breve mais um amanhecer
de um novo dia,é o ciclo da vida, enfim
é simplesmente a Natureza!
(Autora: Lúcia Biazetto.)
Imagem de Pesquisas do Google

Um falcão, amigo de São Francisco de Assis

Sobre o sentimento de piedade e como os seres que não têm razão pareciam ter afeto por ele.
Quando (São Francisco de Assis) chegou ao eremitério do Alverne para celebrar a quaresma em honra de São Miguel Arcanjo, aves de diversos tipos voavam ao redor de sua cela (local onde dormia), com um canto sonoro e gestos de alegria, como se estivessem contentes com a sua chegada, pareciam convidar e animar o piedoso pai a ficar.
Vendo isso, ele disse ao companheiro: “Estou vendo, irmão, que é da vontade divina que moremos aqui por algum tempo, tanto parece que nossos irmãos passarinhos se consolam com nossa presença”.
Como, por isso, fixou morada ali, um falcão, que lá tinha seu ninho, uniu-se a ele por uma aliança de amizade.
Pois sempre, na hora da noite em que o homem santo costumava levantar-se, avisava-o com seu canto e barulho.
O servo de Deus gostava muito disso, porque tanta solicitiude, que tinha por ele, sacudia-o de todo torpor de preguiça.
Mas quando o servo de Deus ficava mais doente do que de costume, o falcão poupava-o, e não marcava vigílias tão cedo.
Assim, como se fosse instruído por Deus, perto da aurora tocava de leve o sino de sua voz.
É certo que havia um preságio tanto na variegada exultação dos passarinhos quanto no canto do falcão, pois o louvador e cultor de Deus, levado pelas asas da contemplação, deveria ser sublimado nesse lugar pela aparição do Serafim
(Fonte de Pesquisas do Google)

AVES DE ARRIBAÇÃO



Pensava em ti nas horas de tristeza,
Quando estes versos pálidos compus,
Cercavam-me planícies sem beleza,
Pesava-me na fronte um céu sem luz.

Ergue este ramo solto no caminho.
Sei que em teu seio asilo encontrará.
Só tu conheces o secreto espinho
Que dentro d'alma me pungindo está.
Fagundes Varela

Aves, é primavera! à rosa! à rosa!
(Tomás Ribeiro)
Imagem de pesquisas do google

Hoje sou águia, amanhã andorinha, mas caça jamais!




Sou independente,
porque tenho coração de águia
e voo com asas de anjo da guarda,
sobreponho-me a ideias fixas,
sobrevivo sobrevoando com o
meu ar de ave de rapina.

Não passo de figurino num elenco meio selvagem,
Nas cenas tanto faço de forte como de frágil,
Com cada dia que amanhece
ganho mais força e coragem,
Nas cenas cortadas, ainda há vestígios de
toda a minha difícil aprendizagem.

Não é fácil sentir desordem em todos os sentimentos,
Quando as peças se soltam, por conseguinte
não se encaixam,
Mas os obstáculos jamais me ultrapassam,
Apesar de sozinha, lutarei contra todos
a favor dos mais belos ideais,
Hoje sou águia, amanhã andorinha, mas caça jamais!

(Carla Costeira)
Imagem de pesquisas do google

A aguia e sua historia.

Araras Azuis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...